Contando sua História com:- Sthéfanie Louise

Oi pessoal, tudo bem? Meu nome é Sthéfanie Louise Déa, tenho 24 anos, solteira, modelo e vou contar um pouco da minha história ao longo desses 24 anos de alegrias, tristezas, conquistas, vitórias, desafios e muita superação.


Bom a gestação da minha mãe foi super tranquila, ela não sentia nada de anormal e sempre fazia o pré -natal, nunca foi detectado nenhum problema comigo.
Chegou a tão esperada data para meus pais, dia 27/11/89, o dia que eu nasci em Goiânia; porém, um dos médicos assim que eu nasci disse para meus pais que eu nasci com um problema na coluna, a tão indesejada mielomeningocelis. Disseram para meus pais que eu ficaria em uma cama vegetando caso eu sobrevivesse... e que minhas chances de vida eram poucas... com 6hs de vida eu fiz uma cirurgia na coluna e fiquei internada durante alguns dias. Tive começo de hidrocefalia, mas a saúde logo se estabilizou.
Meus pais sempre tiveram o maior cuidado comigo, principalmente na hora do curativo. Os anos foram se passando e eu fui frequentando o Sarah kubitschek aqui em Brasília. Fiz todos os tratamentos até eu me mudar para São Paulo. Lá frequentei a AACD confesso que eu e meus pais não nos adaptamos muito bem lá. Então parei de frequentar e comecei a fazer natação e sempre frequentando escolas normais (meus pais sempre me viram como uma pessoa completamente normal,  que não precisava frequentar escolas especiais).


Anos depois voltei para minha terra natal (Goiânia), com aproximadamente 12 anos comecei a fazer dança e basquete na ADFEGO e continuei estudando. Meus pais passaram por algumas dificuldades financeiras e tive que sair da dança e basquete, pois não tínhamos dinheiro para pagar gasolina toda hora. Logo depois fui morar na África, pois meu pai foi chamado para morar e trabalhar lá. Continuei meus estudos lá todos me viam como uma pessoa normal, não tinham preconceito comigo por ser paraplégica, mas fiquei lá por pouco tempo, com 4 meses voltei ao Brasil. Fui morar em Belo Horizonte, onde encontrei muitos obstáculos em minha vida durante 9 anos. Meus pais nunca desistiram de me ver feliz, eu quase não saia, pois a cidade era muito esburacada e cheia de lombadas. Lá eu frequentava o Sarah kubitschek, me formei no 3º ano do ensino médio, mesmo contra a vontade da diretora da escola, pois ela queria que eu saísse (eu e meus pais chegamos a reclamar do acesso pois não haviam elevadores e eu estudava no 1º andar, ou seja, pessoas precisavam me carregar na cadeira de rodas, mas eu e meus pais não desistimos, fiquei lá até me formar), fiz faculdade de Design Gráfico, o prédio era todo adaptado e todos me tratavam super bem, fiz curso de Administração de Empresas pelo Senac e fui efetivada pelo mesmo no ano de 2013 onde todos me tratavam com muito amor e carinho.
Vim embora para Brasília em outubro do ano passado e agora estou começando a sair, fazer amigos, sou modelo do Fashion Inclusivo, já gravei propaganda eleitoral. Frequento o Sarah kubitschek daqui novamente (onde sou muito bem acolhida), estou muito feliz desfilando com pessoas especiais podendo mostrar para as pessoas que somos todos normais, que uma criança com síndrome de down ou uma pessoa em uma cadeira de rodas podem sim ser  felizes assim como eu sou.
Ainda terei muitos obstáculos para vencer, mas não desistirei, pois tenho comigo uma família que me ama e um Deus maravilhoso que não me deixa desamparada nunca. Se não fosse a fé dos meus pais e a minha eu não teria chegado aonde cheguei.
Bom pessoal! Essa foi uma pequena parte de minha história sobre esses 24 anos de experiência e que novas experiências venham para a minha vida. Espero que tenham gostado e não esqueçam de acessar meu blog www.cadeirantesfelizes.blogspot.com.br  

bjks 
Sthéfanie Louise Déa

            






"A nossa maior glória não reside no fato de nunca cairmos, mas sim em levantarmo-nos sempre depois de cada queda"












"Problemas não são obstáculos, mas oportunidades ímpares de superação e evolução"







"Suba o primeiro degrau da fé. Você não tem que ver toda a escadaria antes de subir o primeiro degrau"




                                                                                                                                  Sthefanie Louise.

6 Comentarios

  1. Grato pela colaboração Sthepanie. Belo exemplo de alegria e determinação... Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Sthéfanie VC e um exemplo de vida de superação um presente de Deus em nossas vidas ;)

    ResponderExcluir
  3. Ainnnnn Sthepanie sua liiiiiiiiiiiinda... quem ve seu jeito doce e meigo, não imagina a gladiadora que você é... Quando eu crescer quero ser como você. Obrigado por ter me dado a oportunidade de conhecer sua história. Xerooooooo

    ResponderExcluir
  4. É isso aí querida, vc é linda e inteligente. Seguir em frente sempre :)

    ResponderExcluir

Em Alta

Contando sua História com:- Hamilton Oliveira

Bom, geralmente estou do outro lado entrevistando, mas não podia  recusar o pedido David e deste blog que adoro e acompanho sempre que p...